Governo entrega duplicações e restaurações na BR-135/MA

Governo entrega duplicações e restaurações na BR-135/MA
Imagem: Google Maps

Na última semana, o Governo Federal entregou duplicações e restaurações na BR-135/MA no entorno de São Luís (MA). As obras fazem parte de uma série de melhorias previstas para a rodovia federal.

Em outras palavras, as reformas são de suma importância para a população maranhense, já que a via é o único acesso terrestre a São Luís. Além disso, a estrada é vital para o escoamento da produção agrícola na região do Matopiba, formada por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia até o Porto de Itaqui (MA).

As entregas na rodovia

Dnit concluiu duas obras na BR-153/MA neste mês de dezembro.
Divulgação: DNIT

Além da liberação do primeiro trecho duplicado do lote 2 da BR-135/MA, do km 51 ao km 58, o Dnit concluiu também os últimos seis quilômetros de restauração previstos no lote 1, dos KMs 25 ao 42. O trecho liga São Luís à Bacabeira.

Nesse sentido, além das duplicações, as equipes também fizeram serviços de recuperação de pavimento, implantação de acostamento e instalação de dispositivos de drenagem.

De acordo com o Dnit, a obra é realizada por meio de parceria entre o orgão e o 1º Grupamento de Engenharia do Exército, sendo executada pelo 3º Batalhão de Engenharia de Construção. Em suma, vale destacar que o investimento neste trecho é de R$ 42 milhões.

As obras em andamento

No total, 18 quilômetros da rodovia ainda estão em obras, entre os municípios de Bacabeira e Santa Rita. As obras no chamado lote 2 continuam dos KMs 58 ao 69, com previsão de entrega em 2022.

Dessa forma, as duplicações, reparações em drenagem, terraplanagem e pavimentação, buscam oferecer mais segurança aos usuários, diminuindo o número de acidentes na estrada. 

Por fim, é esperado que as novas pistas impulsionem o transporte de cargas, flexibilizando as viagens em uma região com grande fluxo de veículos.

Veja Também: ANTT e PRF dão início a “Operação Fronteiras”

Por Daniel Santana com informações do Ministério da Infraestrutura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui