As entregas não param e não são só os caminhões, os responsáveis por abastecer os grandes centros. A frota dos leves na logística cresceu e motoristas, que antes eram empregados e agora como proprietários, fazem essa distribuição com veículos próprios. Mas será que está compensando? Conversamos com parceiros que falam sobre a defasagem do frete, combustível caro e dificuldades para garantir a manutenção em dia. E ainda: O bate-papo do Perfil deste domingo é com o fundador da Britacal que, por incentivo de um amigo, entrou no transporte de cargas com um Ford F 7000, carroceria de madeira. Hoje, com uma frota robusta e moderna, atuando no transporte pesado, faz uma gestão focada na produtividade e na valorização da equipe.

Veja em “Parceiro de Estrada Mobil Delvac” como a Atual e a Goiás Lubrificantes, em chão goiano, oferecem um mix completo de óleos para veículos leves e pesados. Os clientes podem contar também com a Troca Inteligente.

Se liga nas dicas de agregamento da Frelik e da Liran Transportes. Além dos alôs e recados dos parceiros.

De partida rumo ao Pé na Estrada, domingo, SBT, às 7h!

Veja também:

Maio Amarelo e relíquias do campo

Cinto de segurança e relíquias agrícolas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui