quinta-feira, julho 18, 2024

Anfavea destaca quedas na produção e exportação de caminhões no mês de fevereiro. Confira os números

Em seu balanço de fevereiro, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) apontou baixas em índices importantes para o mercado automobilístico do país. Foram quedas na produção e exportação de caminhões. Em relação a vendas, houve estagnação dos números.

Ao explicar os resultados do mês, a Associação ainda destacou que alguns fatores como menos dias úteis (18 dias, quatro a menos do que em janeiro), o feriado de carnaval, paralisações em fábricas e os problemas gerados pelas fortes chuvas que caíram em fevereiro ajudaram a derrubar as vendas.

Confira os números abaixo.

Produção, Vendas e Exportação em fevereiro

  • Balanço de Fev/23

Nas análises com fevereiro de 2022 foi possível observar quedas de 28,7% na produção, com a fabricação de 11,4 mil veículos, e de 17,2% em exportações, com 34,3 mil unidades enviadas ao exterior.

Nas vendas, foi apontada uma estagnação dos números, com uma variação de +0,2% em relação a fevereiro do ano passado. Ao todo, 8,1 mil caminhões foram comercializados no último mês. A Anfavea afirma que por conta da fabricação e vendas de veículos com a nova tecnologia do Euro 6 ainda estarem muito no início, não é possível estimar o quanto de crescimento as vendas desses novos modelos terão ao fim do ano.

ANFAVEA Fevereiro
Divulgação: Anfavea
  • Vendas de Caminhões Elétricos e a Gás

Em relação aos veículos movidos a combustíveis alternativos, foram 90 unidades de caminhões e ônibus elétricos e a gás vendidos no mês, sendo 55 a mais do que em janeiro. Até o momento, 125 veículos foram comercializados no ano.

Em contrapartida, na análise com fevereiro de 2022 é possível observar queda de 55,2% nas vendas de elétricos e a gás. Naquele mês, 201 veículos a novas propulsões foram comercializadas, com 111 unidades a mais do que em fevereiro de 2023.

eletricos e gas fev 23
Divulgação: Anfavea

Sobre o mercado de veículos elétricos, o presidente da Anfavea, Márcio de Lima Leite, destacou a importância de investir cada vez mais em novas tecnologias de propulsão: “Este segmento é muito importante para a ANFAVEA, por isso todos os nossos esforços estão voltados para a atração de novos investimentos na produção local de veículos eletrificados, que vão desde a transformação local das nossas matérias primas em componentes, o desenvolvimento de fornecedores ligados a essa nova tecnologia, até o uso de novas fontes de energias limpas e de infraestrutura de transmissão e distribuição.”

  • Vendas de Máquinas Agrícolas e Rodoviárias

Nas vendas de máquinas agrícolas e rodoviárias também foram observadas baixas e altas. Em relação às agrícolas, na comparação de janeiro de 2022 com janeiro de 2023 houve variação negativa de 13,9% com a comercialização de 3.453 unidades no mês.

Já em relação às máquinas rodoviárias, a Anfavea apontou crescimento em janeiro. Ao todo, 2.430 unidades foram vendidas neste último mês, totalizando uma elevação de 14,1%.

Vendas de Máquinas Agrícolas e Rodoviárias
Divulgação: Anfavea

A Associação ainda afirma que janeiro começou em ritmo mais lento para máquinas agrícolas, pela falta de recursos com taxas equalizadas, especialmente para o pequeno e médio produtor e destacou que os números de fevereiro ainda não foram contabilizados.

Veja Também: Mês de janeiro tem crescimento em vendas e exportação, porém registra queda na produção de caminhões

Por Daniel Santana com informações da Anfavea

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados