segunda-feira, julho 15, 2024

ANTT divulga nota sobre deslizamentos em rodovias do Paraná

Em nota divulgada nesta terça-feira (29), a ANTT, Agência Nacional de Transportes Terrestres, informou que está acompanhando e monitorando as rodovias e ferrovias concedidas que sofreram danos por conta das fortes chuvas desta semana. Os temporais provocaram diversos deslizamentos de terra em rodovias no estado do Paraná, interditando vários trechos da BR-376.

Prestação de serviço

A ANTT afirma que equipes de fiscalização da Agência estão em alerta, apoiando o trabalho das concessionárias. No caso mais grave até o momento, o da BR-376/PR, administrada pela concessionária Arteris Litoral Sul, a Agência alerta que os motoristas não se desloquem para as rodovias BR-376/PR e BR-101/SC, entre os municípios de Tijucas do Sul-PR, Guaratuba-PR e Garuva-SC.

Essa rota está intransitável, depois que o deslizamento de encosta obstruiu completamente essa ligação rodoviária, na altura do km 668,7, na segunda-feira (29/11), por volta das 19h15.

Imagem aérea do deslizamento da BR-376
Divulgação: PRF-PR

Ainda em nota, a ANTT lamenta e se solidariza com a família da vítima encontrada morta no deslizamento de ontem, que foi confirmada pela PRF, a Polícia Rodoviária Federal. A Agência enviou uma equipe ao local do acidente para acompanhar o apoio da Arteris Litoral Sul, garantindo os direitos dos usuários.

A concessionária fez o acionamento imediato de órgãos de emergência da região, como Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Defesa Civil. Todas as equipes continuam atuando na ocorrência, para atendimento aos envolvidos. A Serra encontra-se bloqueada e não há previsão para liberação.

Recomendações da ANTT aos condutores

Os bloqueios ocorrem na praça de pedágio de São José dos Pinhais-PR, km 635 da BR-376/PR, na unidade operacional da PRF em Tijucas do Sul (km 662) e na praça de pedágio de Garuva, no km 1,3 da BR-101/SC. Não há previsão de liberação.

A recomendação da concessionária é para que os condutores antecipem a manobra de retorno (evitando prosseguir até os bloqueios definitivos nas duas praças). Opções de retorno:

  • BR-376/PR – interdição no km 635 sul: opções de retorno no km 617, 619, 625 e 633;
  • BR-376/PR – Interdição no km 662 sul: opções de retorno no km 644, 648 e 654;
  • BR-376/PR – Interdição no km 669 sul: opções de retorno no km 663;
  • BR-101/SC – Interdição no km 1 norte: opções de retorno no km 27, 25, 20, 14, 10, 6 e 1,8.

A rota alternativa indicada neste momento para ligação entre os dois estados é via BR-470 e BR-116.

Onde acompanhar notícias em tempo real das rodovias e estradas?

Deslizamento de terra na BR-277 em Morretes
Divulgação: PRF-PR

Mais informações e atualizações podem ser obtidas via contatos da Arteris Litoral Sul (telefone 0800-725-1771, site www.arteris.com.br/litoralsul e perfil no twitter @Arteris_ALS) ou pelos canais de atendimento da Ouvidoria ANTT e pelas redes sociais da Agência.

O Pé Na Estrada também conta com uma página com links úteis das PRFs de cada estado brasileiro e das Polícias Rodoviárias Estaduais de cada unidade federativa. Abaixo, seguem os links referentes ao estado do Paraná:

  • PRF – Polícia Rodoviária Federal (PR)

Instagram: https://www.instagram.com/prf_pr/

Twitter: https://mobile.twitter.com/prf_pr (Atualizado com maior frequência)

Site: https://www.gov.br/prf/pt-br/noticias/estaduais/parana

  • Polícia Rodoviária Estadual (PR)

Instagram: https://www.instagram.com/bprvpmpr/

Clique aqui e se atualize sobre as informações mais recentes de estradas e rodovias de cada estado

Por Daniel Santana com informações da ANTT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados