segunda-feira, julho 15, 2024

Como será o túnel que ligará Santos ao Guarujá?

No início do mês, o Governo de São Paulo e o Governo Federal anunciaram o lançamento do projeto do túnel imerso Santos-Guarujá, que será executado por meio de parceria público-privada (PPP). As obras contarão com um investimento de aproximadamente R$ 5,9 bilhões.

Em junho de 2023, o Pé Na Estrada registrou que a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados ajustava pontos com governo federal e o governo de São Paulo em busca de soluções para o andamento do projeto. Clique aqui e confira o que foi previsto no período.

O túnel Santos-Guarujá

O projeto foi desenvolvido pelo Governo de São Paulo e prevê a ligação seca entre Santos e Guarujá, com extensão total de 1,5 km, através de um túnel imerso de 870 metros, por baixo do canal portuário. O trecho irá conectar as regiões de Outeirinhos e Macuco, em Santos, ao bairro Vicente de Carvalho, em Guarujá.

O empreendimento também prevê uma ciclovia, passagem para pedestres e três faixas de rolamento por sentido, sendo uma adaptável ao VLT (Veículo Leve sobre Trilhos).

O túnel será composto por seis módulos de concreto pré-modulado. Eles serão construídos em uma doca seca e transportados por flutuação até o local onde o leito do canal será preparado. Assim, os módulos serão imersos, encaixados e fixados para concluir a estrutura.

Arte Túnel Santos-Guarujá
Reprodução: Campanha Vou de Túnel

Segundo o governo do Estado, o projeto terá impacto positivo no sistema viário dos municípios, principalmente na alta temporada, com o período de férias se encerrando no Carnaval, devido à redução no tempo de deslocamento entre as duas cidades em cerca de 50 minutos, assim diminuindo o fluxo na Rodovia Cônego Domênico Rangoni (SP-055) e liberando o canal do porto para uso prioritário de navios de carga e de passageiros.

Estima-se que diariamente, o túnel irá beneficiar cerca de 28 mil usuários do sistema de catraias e balsas com expectativa de redução de 70% da demanda da balsa da Ponta da Praia. O empreendimento também poderá garantir acesso mais rápido de caminhões aos dois terminais portuários, assim reduzindo a emissão veicular de dióxido de carbono.

Investimentos

Qualificado no Programa de Parcerias de Investimentos do Estado de São Paulo (PPI-SP) e também integrado ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o projeto prevê aporte público de R$ 5,1 bilhões em investimento dividido igualmente entre o Governo de São Paulo e a União, além da participação da iniciativa privada.

Além disso, o Governo de São Paulo também já iniciou o processo para emissão de nova licença prévia antes da realização do leilão, que está previsto para o segundo semestre deste ano. A consulta pública deve ser lançada em março.

Como dirigir com segurança nos túneis?

Como dirigir com segurança em túneis?
Imagem: PNE

Pensar na segurança ao trafegar em rodovias, estradas e avenidas, sempre deve ser uma das prioridades dos condutores ao cortar as vias do país. Dessa vez, iremos falar sobre como dirigir com segurança em rodovias que contam com túneis.

Clique aqui e saiba mais sobre o assunto

Veja Também: Contorno Viário de Florianópolis tem previsão para julho de 2024

Por Daniel Santana com informações do Governo do Estado de São Paulo, da Agência Brasil e da Artesp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados