terça-feira, março 5, 2024

Contorno Viário de Florianópolis tem previsão para julho de 2024

O Contorno Viário com 50 quilômetros de extensão, deve ser inaugurado no segundo semestre, de acordo com a Concessionária Arteris.

O anúncio atual é resposta para um novo adiamento, uma vez que o Contorno Viário, que liga Biguaçu até Palhoça, estava previsto para setembro de 2023.

 

Como será esse Contorno Viário de Florianópolis?

O Contorno Viário de Florianópolis – Santa Catarina terá o nome de Contorno da BR-101/SC. A rodovia iniciará no km 0, na localidade do Rio Inferninho, em Biguaçu, na Grande Florianópolis, e terminará no km 50, no bairro Pacheco, em Palhoça.

O objetivo do projeto é desviar o tráfego de longa distância da região metropolitana da Grande Florianópolis. O traçado passa pelos municípios de Governador Celso Ramos, Biguaçu, São José e Palhoça. O começo será no km 177, rio inferninho, em Biguaçu, até o km 250, bairro Pachecos, em Palhoça.

A extensão de 50 quilômetros de pista dupla terá 5 pontes, 6 trevos, 2 viadutos, 4 duplos e 20 passagens em desnível. O Contorno, que iniciou as obras em abril/201Govern5, terá um investimento total de 3,9 bilhões previstos e irá passar pelas rodovias estaduais SC-408 e SC-407.

A rodovia terá velocidade operacional de 100 km/h e está sendo construída de forma a não ter aclives ou declives acentuados, sendo mais plana e tendo somente curvas suaves, evitando a necessidade de reduções de velocidade e garantindo a característica de corredor expresso.

Confira o andamento da obra:

Contorno Viário de Florianópolis tem previsão de entrega para julho de 2024
Imagem: Arteris

 

Atraso na entrega da obra

Segundo a Arteris Litoral Sul, o andamento da obra está em 89,31% e garante a entrega para julho deste ano. Conforme monitoria da FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), os principais fatores para o atraso são de 20,0% em desapropriação, 40,0% em Projetos e Estudos e 20,0% em Licenciamento Ambiental.

Em nota a Arteris Litoral Sul, respondeu:

“A maior concentração dos trabalhos está no trecho sul, em Palhoça, com 1.563 trabalhadores e 250 equipamentos pesados na região. Entre as atividades em execução no município, destaque para a terraplanagem, pavimentação, serviços de drenagem e atividades nas obras de arte especiais, como viadutos e trevos.

Já nos trechos norte e intermediário, as obras civis estão praticamente concluídas e os trabalhadores atuam com paisagismo e instalação de sinalização vertical e horizontal.

Em relação aos quatro túneis da obra, três deles já estão com a pavimentação concluída e seguem em fase de instalação dos dispositivos de segurança. Somente o Túnel 2 está sendo pavimentado e, em paralelo, recebe a instalação dos equipamentos de segurança”.

 

Quais as vantagens dos anéis viários?

Os anéis viários, também conhecidos como anéis rodoviários ou cinturões viários, são estradas que circundam áreas urbanas e metropolitanas, proporcionando uma série de vantagens para o tráfego e o desenvolvimento urbano.

Os anéis viários são cruciais para o transporte de mercadorias e carga, pois permitem que veículos pesados evitem áreas urbanas densas, melhorando a eficiência logística. No entanto, é importante notar que o sucesso do anel viário depende de um planejamento adequado, manutenção eficiente e consideração das necessidades locais.

 

Conclusão da Obra

O Contorno Viário de Florianópolis é a maior obra de infraestrutura rodoviária do Brasil e trará benefícios para o tráfego catarinense, indica a Arteris.

Esse projeto está próximo de ser finalizado, fique de olho no Pé na Estrada e nos siga na página do Instagram para saber mais.

 

Por Thaís Corrêa com informações da Arteris

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados