IPVA em São Paulo fica 22% mais caro em 2022; veja datas para pagamento e descontos

IPVA ficará 22% mais caro em São Paulo em 2022

O Governo de São Paulo divulgou na quarta-feira, 22, o calendário de pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) 2022. Em média, haverá um aumento de 22,54% nos valores, com base na pesquisa anual feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

No entanto, o governo paulista ampliou os descontos para pagamentos à vista e ofereceu mais opções de parcelamento. De acordo com o Secretário da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles, esta foi a forma encontrada para atenuar a situação.

“O que acontece é que os carros estão mais caros. Devido à alta da inflação e do dólar e da falta de suprimentos para a indústria automobilística, os preços dos veículos subiram. É um dos reflexos da pandemia. Por isso, o governo de São Paulo ampliou o número de parcelas de pagamento e concedeu um desconto maior”, explica.

Descontos do IPVA

De acordo com o governo paulista, haverá uma extensão no prazo de pagamento, de três para cinco parcelas começando em fevereiro. Os proprietários de veículos usados que pagarem integralmente em janeiro receberão um aumento no desconto, de 3% para 9%. Para quem pagar integralmente em fevereiro, ou preferir parcelar, a redução será de 5%.

Para os donos de veículos 0 km, o desconto continua de 3% no pagamento até o quinto dia da emissão da nota fiscal. Os que preferirem também poderão parcelar em cinco vezes, mas sem o desconto.

O prazo para pagamento é diferente para caminhões. Para o pagamento integral em janeiro, haverá desconto de 9% igual aos demais veículos. Já para pagamento em abril, o desconto será de 5%. Para os proprietários que optarem pelo parcelamento em cinco vezes, o desconto de 5% será mantido e vencimentos serão em março, maio, julho, agosto e setembro. 

Calendário

Veja na tabela a seguir o calendário de pagamento do IPVA em São Paulo em 2022, com as datas de vencimento conforme o final da placa do veículo.

Tabela IPVA 2022 em São Paulo
Reprodução: Governo do Estado de São Paulo

Para caminhões, os prazos são diferentes. Veja:

Tabela IPVA São Paulo 2022
Reprodução: Governo do Estado de São Paulo

Atraso no pagamento

O contribuinte que deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto. O Copom aumentou a taxa Selic em dezembro. Saiba mais clicando aqui.

Para pagar o IPVA 2022, motoristas devem consultar o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor). Deixar de pagar o imposto impede o novo licenciamento do veículo. Além disso, pode haver a apreensão do veículo, com aplicação de multa pela autoridade de trânsito e mais sete pontos na CNH.

 

Por Wellington Nascimento

 

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui