segunda-feira, maio 20, 2024
Array

Você sabe quais são as responsabilidades dos pedestres no trânsito?

Em tempos de Maio amarelo, muito se fala das atitudes dos condutores nas vias, em busca de maior segurança em avenidas, rodovias e estradas. Mas, e as responsabilidades dos pedestres no trânsito? Que atitudes devem ser tomadas por quem caminha no entorno das vias?

Direitos e deveres do pedestre no trânsito

Direitos e deveres do pedestre no trânsito
Imagem: PNE

Assim como os motoristas e motociclistas, os pedestres também precisam seguir uma série de regras para tornarem o trânsito mais seguro a todos. Afinal de contas, uma travessia feita de forma brusca, entre os veículos, em uma via de grande fluxo, pode acabar gerando um sinistro grave e com consequências a todos os envolvidos. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os direitos e deveres dos pedestres são:

Direitos:

  • Quando o sinal abrir para os veículos, os motoristas devem esperar que todos os pedestres terminem de atravessar para continuarem seus trajetos;
  • Os pedestres têm prioridade na passagem sobre as faixas delimitadas para esse fim, exceto nos locais com sinalização semafórica, que deverá ser respeitada;
  • Pedestres precisam sempre ter um espaço de passagem em ruas e vias, fora do trânsito. No caso das estradas, a calçada para pedestres não é obrigatória;
  • Em situações em que não há calçadas ou vias para pedestres, é necessário andar no canto, sempre no sentido contrário ao dos carros.

Deveres:

  • Atravessar sempre na faixa de segurança;
  • Somente atravessar em vias que tenham sinal vermelho;
  • Usar a passarela;
  • Sempre olhar para ambos os lados da rua antes de atravessar, mesmo que seja mão única;
  • Aguardar a passagem ou a parada total de um veículo antes de atravessar a via (mesmo que o sinal esteja verde para os pedestres);
  • Em caso de veículo em partida, sempre esperar que ele saia para atravessar a rua;
  • Na hora de atravessar é essencial que seja sempre em linha reta e sem correr;
  • Ao descer de um veículo, como ônibus, por exemplo, o pedestre deve esperar que o veículo se movimente para poder atravessar a pista.

Pedestres e ciclistas como foco do Maio Amarelo

Pedestres e ciclistas como foco do Maio Amarelo
Imagem: PNE

Pensando em preservar a vida dos mais vulneráveis no trânsito, a campanha Maio Amarelo em 2024 tem como tema principal “Paz no trânsito começa por você”. O intuito neste ano é alertar sobre os riscos a que os mais vulneráveis estão sujeitos e mostrar que os condutores de veículos e de motocicletas precisam se esforçar para proteger pedestres e ciclistas.

Ao divulgar dados da campanha, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) apresentou números da OMS (Organização Mundial da Saúde) que alertam sobre os perigos do excesso de velocidade e quais consequências são geradas em um sinistro.

O estudo destaca que uma velocidade média segura para as cidades deve ser de 50km/h ou menos e que esta deve ser diminuída principalmente nas vias em torno de escolas, residências e empresas.

Com o excesso de velocidade, o tempo de reação do condutor diminui em caso de situações de perigo na via. O cérebro demora pelo menos um segundo para reagir a um novo estímulo. A 80 km/h, em pista seca, um veículo percorre 22 metros por segundo antes de o motorista pisar no freio.

Os estudos ainda mostram que, a partir de 80 km/h, é praticamente impossível para um pedestre sobreviver a um atropelamento. A uma velocidade de 30 km/h, o risco de morte do pedestre é reduzido para 10%.

A importância de se pensar no pedestre

Portanto, além da conscientização dos condutores, o pedestre também deve se atentar a como está agindo em uma via, respeitando as sinalizações e evitando distrações nas vias, tal qual um motorista. Um pequeno ato de imprudência, seja de qual lado for, pode se tornar um grande problema.

Veja Também: Segurança na estrada para caminhoneiros que você precisa conhecer!

Por Daniel Santana com informações do DNIT, da OMS e do ONSV

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados