quarta-feira, julho 17, 2024

Iveco Daily chega na versão elétrica ao Brasil

Seguindo a tendência da eletrificação, de chegar primeiramente nos veículos urbanos comerciais e depois seguir para outros segmentos, a Iveco apresentou ontem (20) a eDaily. A versão eletrificada, da consagrada opção da marca, chega como furgão e chassi, com cabine homologada para 4,2 e 7,2 toneladas.

Brasil ganha versão elétrica da Iveco Daily

A eDaily foi apresentada na Europa, em 2022, e agora chega ao mercado brasileiro na versão 4.2 t furgão e na chassi cabine 4.2 ou 7.2 t.

Segundo a montadora, foram investidos 100 milhões de reais no projeto. E com isso, a elétrica não é uma adaptação da versão a diesel para o elétrico, mas sim um produto novo.

Veja mais: Caminhões elétricos pesados iniciam testes de campo

A tração traseira e as baterias escaláveis permitem um alcance máximo de até 300 km e potência de 100 a 140 kW. O Peso Bruto Total (PBT) da opção chassi é de 4.250 kg.

Já o furgão tem 3.520 mm de distância de entre eixo, 5.689 mm de comprimento total, 2.429 mm de largura (contando os retrovisores), 2.374 mm de altura, e um compartimento carga de 9 metros cúbicos que consegue carregar até 1.915 kg.

Iveco Daily chega na versão elétrica ao Brasil
Iveco Daily chega na versão elétrica ao Brasil (Foto: Iveco/Divulgação)

Quanto aguenta a bateria do novo Iveco Daily?

O veículo pode vir equipado com 3 ou 12 baterias, o que faz a autonomia do veículo variar de 110 para 300 km. A Daily elétrica vem com um carregador portátil que leva 8 horas para carregar em uma tomada residencial. Entretanto, é possível adquirir um carregador profissional que carrega a bateria em 1 hora.

Veja também: Daimler apresenta caminhão elétrico e autônomo

A bateria tem ciclo de vida estimada de 10 anos e garantia de 200.000 km, independentemente da versão que estiver instalada. A linha de montagem das baterias ocorre na fábrica da Iveco na Itália e a produção se inicia na China.

Ao volante, o eDaily tem diferente formas de condução

O veículo possui três formas de condução. A eco, que economiza bateria, a chamada natural, que fica mais próxima de uma condução semelhante a da diesel e a Power, elaborada para uma maior velocidade e performance.

O modelo tem ainda o módulo de condução one paddle drive que quer dizer direção de um pedal só. Com esse modo de funcionamento, fica acionado um sistema de segurança de economia de bateria. Com isso, depois que o motorista retira o pé do acelerador o sistema já freia.

Outra forma de economia de bateria está na função ceiling, velejar em inglês, que significa deixar o veículo solto, uma famosa banguela eletrônica.

Iveco quer antecipar acordo de Paris em 10 anos

“Este é só o começo da nossa história com veículos de zero emissões no Brasil e na América Latina. Um marco significativo em nossa jornada para um futuro mais sustentável”, diz Marcio Querichelli, presidente da Iveco, reforçando que o grupo pretende antecipar o acordo de Paris em 10 anos, até 2040.

O executivo não descarta o veículo a biometano, que chega a ter 30% menos custo de TCO, e reforça que a Iveco tem mais de 50 mil veículos de propulsão alternativa no mundo.

Ele também resgatou a parceria da marca com a Hyundai para o desenvolvimento de um veículo a célula de hidrogênio, assim como com a Foton na China.

Vale dizer que o Iveco Tector NG, linha de caminhões movidos a gás natural, está em fase final de homologação.

Estrutura do Iveco Daily já consagrada pelo mercado

De acordo com Carlos Fraga, diretor de marketing da Iveco, os mesmos implementos que se encaixam na versão a diesel, também podem ser usados na versão elétrica.

Ele reforça que foram realizados mais de 10 anos de testes para o desenvolvimento do veículo e criado mais de 50 protótipos. As temperaturas avaliadas partiram de −30 graus Celsius e ultrapassaram, 50.

Como fica a manutenção programada e os custos?

Segundo o diretor de pós-venda da Iveco, Bernardo Brandão, o novo modelo elétrico promete 65% de redução nos custos de manutenção em relação à versão diesel. Os intervalos de manutenção são até duas vezes maior que a de um com motor térmico, com plano de manutenção de 60 meses.

Ou seja, roda dois anos para a primeira revisão. Segundo o diretor, o custo da manutenção é 70% menor, assim como o custo operacional. Outra vantagem está na documentação, com IPVA 50% mais em conta.

Iveco Daily chega na versão elétrica ao Brasil
Iveco Daily chega partindo de R$ 549 mil (Foto: Iveco/Divulgação)

Preço sugerido e início das vendas

O eDaily começa a ser vendido nas praças de São Paulo e Belo Horizonte. O valor sugerido é de R$ 549 mil para as duas versões de 4.2 toneladas. O carregador que já vem no veículo carrega em 8h.

Por Paula Toco, com informações da Iveco

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados