quinta-feira, junho 20, 2024

Junho registrou quedas nas vendas e na produção de caminhões. Confira os números do mês

Assim como em maio, o mês de junho registrou quedas nas vendas e na produção de caminhões, segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Confira os números do mês de junho:

Produção, Vendas e Exportação em junho

Balanço de junho/23

Na comparação entre junho de 2022 e junho de 2023, houve uma queda de 47,4% na produção de caminhões no país, com 7 mil veículos fabricados no último mês. Nas vendas, foi registrada uma baixa de 28,2% em relação a junho do ano passado, em que um total de 7,9 mil caminhões foram emplacados.

Em relação às exportações de veículos, junho também apresentou uma queda no envio de veículos. Com 36,6 mil unidades enviadas ao exterior, houve uma redução de 22,6% em comparação com junho do ano passado, quando o país exportou 47,3 mil veículos.

Balanço de junho/23
Divulgação: Anfavea. Arte: PNE

Ao justificar os resultados, mais uma vez a Associação afirma que as últimas unidades restantes de veículos movidos pela tecnologia P7 (Euro 5), na transição para o P8 (Euro 6), e as recentes paralisações de fábricas derrubaram os números de vendas e produção no mês. A Anfavea também aponta que a MP 1.175/23, que incentiva a redução de preços na venda de veículos, não obteve os resultados estimados pelo governo em relação à comercialização de caminhões.

Em relação à queda nas exportações, a redução de envios de veículos para o Chile e a Colômbia foi a causa da baixa em junho.

Vendas de Caminhões Elétricos e a Gás

A queda nas vendas de caminhões e ônibus elétricos e a gás foi ainda pior. Foram registradas 20 vendas em junho, o que representa uma redução de 81,1% em comparação com o mesmo período em 2022.

Até o momento, foram emplacados 269 veículos movidos por novas propulsões em 2023, um número significativamente menor em relação ao primeiro semestre do ano passado, quando 602 unidades foram comercializadas.

Vendas de Caminhões Elétricos e a Gás
Divulgação: Anfavea

Vendas de Máquinas Agrícolas e Rodoviárias

Por fim, em relação às vendas de máquinas agrícolas, o balanço de maio registrou uma queda de 13,4% nas vendas, com a comercialização de 4.754 unidades no mês. Já as máquinas rodoviárias também encerraram o mês em baixa, com 2.988 equipamentos vendidos, totalizando uma queda de 14,4%.

Segundo a Associação, a chegada do novo Plano Safra para 2023/2024 divulgado pelo governo federal e a comercialização de peças para manutenção poderão reaquecer o mercado de máquinas agrícolas e rodoviárias nos próximos meses.

Vale destacar que, devido à dificuldade em registrar os números de vendas das máquinas, a Anfavea divulga os resultados com um mês de atraso.

Vendas de Máquinas Agrícolas e Rodoviárias
Divulgação: Anfavea

Veja Também: Queda nas vendas e produção de caminhões persiste no mês de maio

Por Daniel Santana com informações da Anfavea

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados