quinta-feira, julho 7, 2022

Previsão de paralisação do transporte público na capital paulista na próxima semana

Na madrugada desta quarta feira (1 de junho), funcionários de empresas de ônibus coletivo de São Paulo se reuniram nas garagens para decidir sobre uma possível greve. Após discussão, a classe optou por uma paralisação do transporte público urbano na capital paulista para o próximo dia 6 de junho (segunda-feira). 

A categoria optou pela paralisação porque não houve evolução nas negociações salariais, conforme nota do Sindmotoristas (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores Urbanos em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo). Segundo o presidente do sindicato, Valdevan Novena, existe má vontade das empresas em debater as demandas dos trabalhadores. 

Além disso, Novena aponta que os executivos se utilizam das reivindicações para outros fins. “Eles usam o conflito na negociação salarial para atingir seus objetivos. A prioridade é resolver com a Prefeitura os atrasos no repasse dos subsídios, usando os trabalhadores como massa de manobra”, acrescenta. 

Previsão de paralisação do transporte público na capital paulista na próxima semana
O presidente do Sindmotoristas em assembleia com motoristas

Foto: site do Sindmotoristas

Dentre as solicitações dos motoristas de transporte público da capital estão: 

  • Reajuste salarial de 12,36%, mais aumento real;
  • Fim da hora de almoço não remunerada;
  • Participação nos lucros;
  • Reajuste no vale refeição e fim do desconto quando os trabalhadores entregam atestado médico;
  • Melhorias no plano de saúde;
  • Garantia da data-base (data de debate sobre reajuste salarial).

Por Jacqueline Maria da Silva com informações do site do Sindmotoristas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados