domingo, julho 3, 2022

Mercedes-Benz chega a venda de 10.000 caminhões customizados

A Mercedes-Benz do Brasil alcançou em maio, o marco de venda de 10.000 caminhões customizados pela própria empresa, trabalho executado em sua fábrica de São Bernardo do Campo (SP). O resultado, representa o volume acumulado entre 2015 e maio de 2022.

Aproximadamente 8.000 unidades foram comercializadas no mercado interno e 2.000 caminhões foram exportados, sendo cerca de 50% para países da América Latina e 50% para outros continentes.

O Centro de Customização de Caminhões da Mercedes

Esse modelo de negócio envolve a participação de várias áreas da empresa, como Marketing e Estratégia de Produto, Desenvolvimento, Engenharia, Produção, Logística, Custos, Controlling, Vendas e Peças & Serviços. Com base na sinergia das equipes, o Centro de Customização de Caminhões (CTT) da Mercedes-Benz do Brasil atende clientes que solicitam modificações ou adaptações nos veículos de série, devido às necessidades específicas de suas operações de transporte.

A equipe do CTT é formada por engenheiros, técnicos e operadores de produção com experiência em fabricação de protótipos, contando ainda com apoio do Centro de Customização da Daimler Truck na França.

Pacotes de Customização

O Arocs é um dos caminhões da Mercdes-Benz que possuem opções de Pacotes de Customização
O Arocs é um dos caminhões da Mercdes-Benz que possuem opções de Pacotes de Customização. Divulgação: Mercedes-Benz

Diversas customizações realizadas pelo CTT a partir de pedidos individuais de clientes passam a ser oferecidas ao mercado e algumas até se transformam em itens de série, o que é o caso, por exemplo, do Pacote Robustez originalmente criado para o Atego para severas aplicações fora de estrada. Esse kit passou a ser disponibilizado como opcional, sendo montado diretamente na linha de produção de caminhões. Além disso, devido ao grande sucesso do Pacote Robustez, hoje o CTT também está preparado para montá-lo no Axor.

Graças à atuação do CTT, o cliente já recebe o veículo customizado de fábrica, com suporte especializado nas modificações, garantia, assistência técnica da Rede de Concessionários da marca e já financiado, quando for o caso, não precisando assim recorrer a terceiros para as adequações no caminhão.

Entre alguns itens disponíveis no portfólio do CTT estão os:

  • Pacote robustez para Atego e Axor;
  • Kit de peças para implementação de 4º eixo no Atego e no Axor;
  • Kit de peças para o Axor com direção autônoma da Grunner. (Oferecido nas versões 8×4 e 6×4);
  • Kit de peças para Axor basculante 8×4;
  • Kit de peças para caminhões Accelo e Atego (coleta de resíduos);
  • Arocs 8×4 para mineração.

O que diz a Mercedes?

Segundo Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, a montadora comercializou 9.000 caminhões nos primeiros sete anos do CTT, entre 2015 a 2021, com uma média de 1.285 unidades por ano. Ele ainda destacou a efetividade do serviço aos clientes, apesar das dificuldades encontradas por conta da Covid-19 e ainda projetou um bom desempenho neste ano:

“Esse resultado mostrou a consolidação dessa solução para os nossos clientes, mesmo levando em conta os dois primeiros anos da pandemia, que afetou as demandas interna e externa” […] Tanto é que em apenas cinco meses deste ano, até maio, já superamos 1.000 unidades, retomando um bom ritmo de vendas. Nossa expectativa é entregar 3.200 caminhões customizados em 2022”.

Lançamentos mais recentes da montadora

Axor 3131, veículo autônomo nível 2 da Mercedes-Benz
Axor 3131, veículo autônomo nível 2 da Mercedes-Benz

Foto: Divulgação/ Mercedes-Benz

Você viu aqui no Pé Na Estrada que na última edição da Agrishow, a Mercedes apresentou novidades em seu portfólio. Uma delas, foram os caminhões da linha Atego para aplicações severas on road e off road para suporte na produção agrícola. Mas o grande destaque foi dado à linha Axor, que segundo informações da montadora, é um dos mais vendidos para o transporte de grãos, cana e madeira.

Vale destacar o Axor 3131 com direção autônoma nível 2, que roda sozinho, mas tendo suporte de um motorista para o caso de alguma eventualidade, que vendeu 400 unidades do ano passado para cá.

Veja Também: Mercedes lança a nova linha da Sprinter

Por Daniel Santana com informações da Assessoria Mercedes-Benz

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados