segunda-feira, maio 20, 2024

Ranking dos caminhões mais roubados do primeiro trimestre de 2024

O número de roubos e de furtos de caminhões no Estado de São Paulo aumentou cerca de 10% no primeiro trimestre de 2024.

Os dados são da Ituran Brasil, especializada em monitoramento veicular, com base nos dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Conforme a análise, no primeiro trimestre de 2024 foram registradas 751 ocorrências, volume 9,79% superior que o mesmo período de 2023. De todos os registros, 61,92% são roubo e 38%, furto.

Scania e Iveco são as mais visadas em São Paulo

A marca preferida pelos assaltantes é a Scania. Ela dominou em 2023 e 2024. Outra fabricante que se manteve na vice-liderança foi a Iveco.

“Podemos notar que a Scania permanece liderando os casos de roubo e furto, sendo seguida pela Iveco Daily. Houve troca de “posição” dentro do TOP 10, mas levando em consideração a quantidade de eventos é irrelevante mencionar”, explica Fernando Correia, gerente de operações da Ituran Brasil.

Outra alteração, de um ano para o outro, no ranking dos mais visados foi a subida do Volvo FH 540 e a queda do Mercedes-Benz Atego.

Total de ocorrências no primeiro nos trimestres de 2023 e 2024 

2023: 684
2024: 751
Aumento de 9,79%

Proporção de Roubo vs. Furto

2023: Roubo 62,72% x Furto 37,28%
2024: Roubo 61,92% x Furto 38,08%

TOP 10 mais roubados em São Paulo

Outro dado relevante do levantamento é que quanto mais antigo o caminhão, mais visado ele acaba ficando.

Veja também: Aumento nos roubos de cargas traz mais insegurança ao trecho

“Veículos com mais de 10 anos são, em 2024, somam 52,86% das ocorrências. A maior necessidade de manutenção desses automóveis resulta em um aumento na demanda por peças específicas, tornando-os mais frequentes nas ocorrências.”, explica o gerente.

A Ituran também destaca que o grande volume de roubos e furtos se concentra em São Paulo e cidades próximas. Na capital, o aumento foi de cerca de 88%, com uma redução da quantidade em cidades próximas. O período preferido para os criminosos é a madrugada.

Veja mais: Fuja dos perigos noturnos: Confira dicas de segurança para dirigir a noite

Com relação aos locais com maior incidência de ocorrência, é possível notar que os ladrões atuam em lugares de acesso rápido. Rodovias, avenidas, estradas e vias em que exista maior possibilidade de se imprimir uma maior velocidade. 

Quando o assunto é o horário de maior índice de roubo, a pesquisa mostra que a madrugada é a mais perigosa, seguida pela manhã e pela noite. 

 

Por Rodrigo Samy, com informações da Ituran Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados