quarta-feira, julho 17, 2024

Renault promete ônibus autônomo de nível 4

A Renault pretende se tornar uma das principais fabricantes de veículos autônomos. Para isso acontecer, o grupo francês está desenvolvendo um modelo de nível 4 na plataforma de micro-ônibus elétricos.

Renault promete ônibus autônomo de nível 4

Há vários anos a marca vem realizando testes com os veículos e outros já até estão em vias de serem anunciados, principalmente com o apoio da empresa WeRide, especialista mundial em veículos autônomos.

Existe um consenso internacional em torno de 6 níveis de “condução automatizada e autônoma”, que vai do nível L0 ao nível L5. A Renault tem estratégia para se especializar em veículos autônomos de nível 4.

Descubra: Festas Juninas e os caminhões têm tudo a ver

Já no caso do transporte público, a Renault acredita na relevância dos veículos autônomos, com uma demanda anual estimada em milhares de micro-ônibus nos próximos anos.

Micro-ônibus autônomo: uma solução transporte público

Só na Europa, mais de 400 grandes cidades vão progressivamente se tornar zonas de baixas emissões, ao mesmo tempo, em que devem continuar garantindo a mobilidade da população.

Logo, mais flexíveis, os micro-ônibus autônomos poderão funcionar 24 horas por dia durante 7 dias por semana e com toda a segurança, sendo uma alternativa com zero emissão de poluentes ou um complemento às soluções existentes que seja eficiente em custos e emissões de CO2 por passageiro-quilômetro (trem, bonde, ônibus).

Veja também: Volvo planeja caminhão movido a hidrogênio, com base no próprio seis cilindros

Além da Renault, grandes montadoras como Ford, General Motors e BMW também estão desenvolvendo suas próprias tecnologias de veículos autônomos.

Com isso, é possível dizer que os autônomos representam uma revolução no transporte, prometendo transformar como a humanidade se move e interagindo com a mobilidade mundial.

Por Rodrigo Samy, com informações da Renault

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados