quinta-feira, abril 18, 2024

Após 60 anos, Contorno Rodoviário e ponte sobre o Rio Jacuí, na BR-470/RS, vão ser feitos

O Governo Federal iniciou na última quarta-feira (27) o Contorno Rodoviário e a ponte sobre o Rio Jacuí, na BR-470/RS, entre os municípios de Triunfo e São Jerônimo. Durante a manhã, foi assinada a ordem de início dos trabalhos para a elaboração dos projetos básicos e executivos do empreendimento. 

Aguardada pelos gaúchos há 60 anos, esta obra, quando executada, fará a conexão por terra entre o polo petroquímico e carbonífero com a Região Metropolitana de Porto Alegre, o Porto de Rio Grande e, principalmente, com a Serra Gaúcha, que tem relevante produção agroindustrial, alimentícia e metalúrgica.

 

Qual será o empreendimento dessa obra?

O investimento é de aproximadamente R$2,3 milhões, com o prazo de um ano para ser concluído a partir da assinatura realizada pelos ministros dos Transportes, Renan Filho, e da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta. 

Atualmente a travessia entre Triunfo e São Jerônimo é realizada por balsa. Com a implantação de 15,1 quilômetros do Contorno Rodoviário, incluindo a ponte sobre o Rio Jacuí, que terá 1,2 quilômetros de extensão, haverá redução no tempo de viagem e economia na logística. A expectativa é de que o trabalho esteja concluído no segundo semestre deste ano.

 

BR-470 importante via logística no Sul do país

A BR-470/RS é um importante eixo viário que tem seu início em Navegantes (SC), e término no município de Montenegro (RS). No contexto gaúcho, a rodovia tem significativa relevância como corredor de transporte para os produtos da indústria alimentícia e do setor metalúrgico, cuja produção está concentrada especialmente na região do Vale dos Vinhedos e do município de Carlos Barbosa. Estas cargas seguem a rota da BR-470 até a BR-116, cujos destinos são a Região Metropolitana de Porto Alegre ou o Porto de Rio Grande, no sul do estado.

Além disso, em vários segmentos da BR-470 é possível registrar movimentos pendulares diários de moradores dos municípios lindeiros, cujas atividades empregatícias estão concentradas nos principais polos industriais desta região. Em especial, o Polo Petroquímico de Triunfo é um desses polos geradores de viagens, tanto dos trabalhadores do local, como de insumos produzidos em seu complexo industrial.

“Quem conhece a região e os que participam aqui hoje, tem a noção do que significa esse projeto, do ponto de vista estratégico, para a logística do nosso estado. Ele vai viabilizar, num segundo momento, a pavimentação da BR-470, que vai atravessar a BR-290 e vai chegar lá perto de Camaquã, abrindo um corredor da Serra em direção ao Porto de Rio Grande, fugindo da ponte do Guaíba”, completou o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta.

 

Veja também: Revitalização da BR-116/RS é concluída e contribui com turismo

 

Por Thaís Corrêa com informações do DNIT e do Ministério dos Transportes

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados