Concessionária da BR-153 promete melhorias em trechos esburacados no norte de Goiás

Trechos esburacados na BR-153, no norte de Goiás
Trecho esburacado na BR-153, entre Porangatu e Uruaçu, norte de Goiás

Caminhoneiros que trafegam pela BR-153, mais precisamente no norte de Goiás, têm enfrentado dificuldades ao transitarem pela rodovia. Um dos trechos que geram maior reclamação por parte dos motoristas encontra-se entre as cidades de Porangatu e Uruaçu.

Trecho entre Porangatu e Uruaçu, em Goiás
Trecho entre Porangatu e Uruaçu, norte de Goiás
Fonte: Google Maps

Isso porque há muitos buracos no pavimento e a situação da estrada fica ainda pior em época de chuvas. Veja uma imagem enviada por um estradeiro à equipe do Pé na Estrada sobre o trecho entre Porangatu e Uruaçu, na BR-153:

Trechos esburacados na BR-153, no norte de Goiás
Trecho esburacado na BR-153, entre Porangatu e Uruaçu, norte de Goiás

Perceba que muitos buracos encontram-se no meio da pista. Sendo assim, veículos que trafegam pelo local precisam ficar a todo momento desviando dos obstáculos, indo muitas vezes pelo acostamento ou pegando a contramão, o que aumenta o risco de acidentes.

Resposta do DNIT

O Pé na Estrada entrou em contato com o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para saber o posicionamento do órgão sobre a reclamação feita pelo caminhoneiro. O DNIT, por sua vez, informou que não tem mais responsabilidade pela rodovia, já que ela está sob concessão da Ecovias Araguaia desde outubro de 2021.

A atual concessionária da BR-153/TO/GO também é responsável pelas BRs 080 e 414. De acordo com a Ecovias Araguaia, desde que assumiu a gestão da rodovia, a empresa tem feito alguns trabalhos iniciais, como por exemplo, tapa-buracos, roçadas, recuperação de pavimento e limpeza dos sistemas de drenagem no trecho.

Sobre o trecho da BR-153, a empresa afirma estar com equipes reforçadas no local. Segundo a Ecovias, as chuvas intensas e acima da média prevista para o período estão prejudicando algumas atividades, levando um tempo maior para a sua conclusão. Contudo, a concessionária garante que em condições climáticas mais favoráveis, a operação será intensificada.

Previsões do contrato de concessão

O contrato de concessão da Ecovias Araguaia com a BR-153 prevê a ampliação da capacidade, recuperação, operação, manutenção, conservação, monitoramento e implementação de melhorias da rodovia. Além disso, nos primeiros dois anos de concessão, também é previsto uma melhora nos serviços prestados aos usuários e das condições de tráfego das vias.

Veja mais detalhes sobre o contrato de concessão da rodovia clicando aqui.

 

Por Wellington Nascimento

 

 

 

 

 

 

 

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Como assim, o DENIT responder que não tem mais responsabilidade pela rodovia.
    Tem obrigação SIM de fiscalizar e cobrar da Concessionária IMEDIATA REPARAÇÃO DOS
    BURACOS, trabalhando dia e noite se necessário, em respeito aos usuários.

  2. Sou caminhoneiro e utilizo essas rodovias. Porém não acredito que a concessionária irá cumprir o contrato,pois.na realidade,tapa buraco não resolve o problema, tem que refazer todo esse trecho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui