quarta-feira, junho 19, 2024

Grupo EPR vence leilão e irá gerir o lote 2 de rodovias do Paraná

Na tarde desta sexta-feira (29), o Grupo EPR venceu o leilão para a administração do lote 2 do sistema de rodovias do Paraná, em um leilão realizado pela ANTT, a Agência Nacional dos Transportes Terrestres, na B3 em São Paulo (SP). A empresa foi a única a apresentar proposta na disputa, oferecendo desconto de 0,08% nas tarifas de pedágio.

A concessionária vencedora irá administrar por 30 anos o trecho de quase 605 km das BRs-153/277/369 e das rodovias estaduais PR 092/151/239/407/408/411/508/804/855, conectando importantes pontos da região, como o Porto de Paranaguá e a Região Metropolitana de Curitiba, bem como o acesso aos municípios paulistas de Ourinhos e Itararé.

Investimentos previstos para o lote 2

Com investimentos na marca dos R$ 17 bilhões nos próximos 30 anos, a concessão prevê a construção de 350 km de duplicação, 139 km de faixas adicionais, incluindo a Serra do Mar, 73 km de vias marginais, 52 passarelas para pedestres, duas áreas de descanso para caminhoneiros e 150 paradas de ônibus.

PR-407 em Paranaguá (PR)
PR-407 em Paranaguá (PR). Imagem: Google Maps

Em relação à segurança nas vias, o projeto de concessão estima a instalação de câmeras com tecnologia OCR para o reconhecimento de placas, pontos de atendimento ao usuário com internet Wi-Fi, painéis de mensagem variável e sistema de pesagem em movimento. Além disso, a tecnologia e a conectividade serão aspectos destacados na concessão, com cobertura 4G e sistema de telefonia em toda a rodovia, bem como iluminação em LED em áreas críticas.

Vale destacar também que o Lote 2 deverá contar com cinco Bases de Serviços Operacionais e de Atendimento ao Usuário (BSO/SAU), incluindo duas já existentes que passarão por uma reforma completa, e três novas a serem implantadas. Haverá também o suporte de ambulâncias tipo C para o resgate e atendimento de vítimas de acidentes, e ambulâncias tipo D, UTI móvel com suporte médico, assim como guinchos leves e pesados.

Cronograma inicial da concessão

O Grupo EPR assinará o contrato em janeiro de 2024, com a concessão sendo assumida 30 dias após esse momento, prevista para fevereiro. Deverão ser concentradas no primeiro ano da concessão obras como revitalização asfáltica de trechos, além de novas praças de pedágio e postos de atendimento, em um investimento de mais de R$ 315 milhões.

Sobre o certame do lote 3, a ANTT ainda não divulgou informações da data do leilão.

Veja Também: Grupo Pátria vence leilão e administrará lote 1 de rodovias do Paraná

Por Daniel Santana com informações da ANTT e da B3

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados