quinta-feira, junho 13, 2024

Julho registra baixas nas vendas e produção de caminhões. Confira o balanço mensal

Julho se foi e em mais um mês foram registradas baixas nas vendas e produção de caminhões no país. Os números da exportação de veículos também apontaram quedas, de acordo com a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Confira os números do mês de julho:

Produção, Vendas e Exportação em julho

  • Balanço de julho/23

Os dados apontam que, na análise de julho de 2022 e julho de 2023, houve uma queda de 47% na fabricação de caminhões no país, com a produção de apenas 6,7 mil veículos no último mês.

Em relação às vendas, foram registrados 8,4 mil emplacamentos, totalizando uma baixa de 27,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 11,6 mil caminhões foram comercializados. No entanto, em comparação com junho deste ano, os números apresentaram uma alta de 6,4%. Entretanto, ainda não é possível saber se esse aumento teve alguma relação com o programa de renovação de frota do governo.

Nas exportações de veículos, o mês registrou uma queda no envio de caminhões ao exterior. Ao todo, 30,3 mil unidades foram enviadas em julho, o que representa uma redução de 27,6% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando o país exportou mais de 41 mil veículos.

Produção, Vendas e Exportação em julho
Divulgação: Anfavea. Arte: PNE

Ao analisar os números, a Anfavea aponta que a já citada migração da tecnologia P7 (Euro 5) para o P8 (Euro 6), que vem sendo realizada de forma lenta, além das paradas de fábricas por férias coletivas, lay-offs e outros ajustes da oferta à demanda, derrubaram os números de vendas e produção no mês.

Em relação à queda nas exportações, a redução de envios de veículos para o Chile, Colômbia e agora a Argentina foi a causa da baixa em julho. A Associação destaca que os números só não são piores porque o México, com mais de 83 mil unidades exportadas, teve um crescimento de 90% em relação ao volume do ano passado, liderando o ranking de envios ao exterior.

  • Vendas de Caminhões Elétricos e a Gás

Sobre as vendas de caminhões e ônibus elétricos e a gás, julho registrou somente 19 comercializações, o que representa uma queda de 77,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando 85 unidades foram emplacadas.

Vendas de Caminhões Elétricos e a Gás
Divulgação: Anfavea

Até este mês, foram emplacados 288 veículos movidos por novas propulsões no ano, um número significativamente menor em relação ao registrado no mesmo período em 2022, quando 687 unidades haviam sido comercializadas até julho do ano passado.

  • Vendas de Máquinas Agrícolas e Rodoviárias

Por fim, em relação às vendas de máquinas agrícolas, os números de junho registraram baixa de 4,7% nas vendas, com a comercialização de 5.937 unidades no mês. Já as máquinas rodoviárias também fecharam em queda, com 3.140 equipamentos vendidos, totalizando uma redução de 10,7%.

Vendas de Máquinas Agrícolas e Rodoviárias
Divulgação: Anfavea

Vale destacar que, devido à dificuldade em registrar os números de vendas das máquinas, a Anfavea divulga os resultados com um mês de atraso.

Veja Também: Volvo FH 540 se consolida entre os caminhões mais vendidos em julho. Confira o ranking de comercializações no mês

Por Daniel Santana com informações da Anfavea

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados