quarta-feira, julho 17, 2024

Motorista evita tragédia na PR-160

A imagem do caminhoneiro Osni Antônio de Oliveira, a bordo de um Volvo FH, escapando de um engavetamento pelo acostamento, ganhou as redes sociais. O vídeo foi gravado por outro caminhoneiro, Euclides Garcia dos Santos, que estava aguardando a liberação da pista para reparo.

Motorista evita tragédia na PR-160

Enquanto fazia a gravação, o motorista alertou para si sobre a condição de risco em que ele estava passando, principalmente pelo fato de ele estar em um trecho íngreme, onde existe a dificuldade da frenagem de outros veículos. 

Veja mais: Carga e descarga de mercadorias por caminhoneiros: confira

Após o comentário do Euclides ao volante, percebe-se a carreta de Osni passando em velocidade pelo acostamento, desviando do funcionário que prestava serviço para o DER do Paraná e, em seguida, controlando o implemento e o caminhão. 

Osni contou a uma rede de TV do Paraná que foi surpreendido pela interrupção da estrada e por não ter um aviso com antecedência. 

O Pé na Estrada enviou um questionamento ao DER-PR para entender o procedimento da obra de recapeamento do trecho de pista simples da rodovia, entre Curiúva e Telêmaco Borba, nos Campos Gerais. A resposta foi a seguinte: 

“O DER-PR informa que a empresa prestando os serviços de tapa-buracos no trecho mencionado não seguiu os padrões de sinalização de tráfego e segurança exigidos para este tipo de operação, conforme previsto em contrato. No momento do ocorrido o DER/PR já estava acionando a empresa para que interrompesse as atividades até que fosse providenciada a devida sinalização provisória. A mesma foi notificada para que preste esclarecimentos quanto ao ocorrido, e na sequência o DER/PR irá tomar as medidas cabíveis. Esclarece ainda que se trata de um caso isolado, com o respeito pela segurança de usuários e trabalhadores sendo a regra nos serviços contratados pelo DER-PR”.

Ou seja, o próprio DER admite que a sinalização estava incorreta. O Pé na Estrada também tentou contato com a empresa que presta o serviço, mas até o momento, não foi dada uma resposta. 

Por Rodrigo Samy

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados