Pedágio da Fernão Dias ficará 40 centavos mais caro

Projeto de Lei 1530/22
Imagem: PNE

A ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) autorizou reajuste de pedágios da rodovia Fernão Dias (BR-381/MG/SP), com isso os pedágios ficarão 40 centavos mais caros. O valor já está definido, e passará de R$2,30 para R$2,70, um acréscimo de 10,74%, considerando a variação do IPCA (Índice de Preço do Consumidor Amplo) de dezembro de 2021 até o momento.

A notícia foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (28 de junho) por meio da Deliberação nº 207 da ANTT. De acordo com o documento, o reajuste cumpre a Portaria MF nº50 de 2018, do Ministério da Economia. A revisão da tarifas foi solicitada pela concessionária AUTOPISTA FERNÃO DIAS S/A, que administra o trecho e a aprovação das revisões dos pedágios ocorre por meio de Revisão Ordinária. 

A recomposição tarifária será aplicada as praças de pedágio do trecho:

  • Mairiporã/SP
  • Vargem/SP
  • Cambuí/MG
  • Careaçu/MG
  • Carmo da Cachoeira/MG
  • Santo Antônio do Amparo/MG
  • Carmópolis de Minas/MG
  • Itatiaiuçu/MG

O pedido de revisão tarifária do pedágio da Fernão Dias veio acompanhado de solicitação da inclusão de novos investimentos às obras pela concessionária das Faixas Adicionais entre os km22+300 e 65+800 da BR administrada. Contudo, a Deliberação que aprova o reajuste do pedágio e o investimento depende da assinatura do Primeiro Termo Aditivo ao Contrato de Concessão. A nova cobrança de pedágio passará a valer três dias após a assinatura do termo. 

A assinatura já foi liberada pela ANTT, porém ainda não tem data definida para ocorrer. Isso significa que a cobrança de pedágio também ainda não tem data para iniciar. Ainda assim, inserimos abaixo os valores atualizados. 

Pedágio da Fernão Dias ficará 40 centavos mais caro
Valores reajustados do pedágio da Fernão Dias. Imagem reprodução ANTT

Observação: O Primeiro Termo Aditivo foi assinado no dia 29 de junho, dessa forma passando a valer o reajuste já no inicio dessa semana (4 de julho).

Por Jacqueline Maria da Silva com informações da ANTT e da Deliberação. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui