segunda-feira, maio 23, 2022

Vacinação contra gripe para profissionais do transporte

O Ministério da Saúde liberou a vacinação contra gripe para profissionais do transporte a pedido da CNT (Confederação Nacional dos Transportes). Agora, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros e trabalhadores portuários integram o grupo prioritário para imunização. No caso dos portuários, serão inclusos todos os profissionais do setor, inclusive os administrativos. A intenção é vacinar essas categorias consideradas fundamentais para a logística do transporte no Brasil, principalmente durante a pandemia por Covid-19 e a nova variante Ômicron

Com a medida, os transportadores passam a pertencer ao grupo da segunda etapa da campanha nacional de imunização contra a influenza, vírus causador da gripe, que acontecerá de 3 de maio a 3 de junho. De acordo com nota da CNT, a solicitação foi feita para trabalhadores de todos os modais do transporte de carga e passageiros (rodoviário, ferroviário, aéreo, navegação e portuário). No entanto, o pedido foi atendido parcialmente em virtude da quantidade de doses disponíveis no Ministério da Saúde.

A CNT também colocou a disposição do governo 159 unidades operacionais do SEST (Serviço Social do Transporte) e  SENAT (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) para aplicação das doses da vacina, os locais ainda não foram divulgados. Então, atenção profissional, é obrigatório levar o/um documento que comprove o exercício da atividade para conseguir se imunizar. 

Caminhoneiro, como vai sua saúde? Cuidar de quem percorre as rodovias também é uma assunto que já reforçamos por aqui algumas vezes, um deles é a prática de exercícios físicos na estrada (leia aqui)

Por Jacqueline Silva com informações da CNT

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados