quinta-feira, junho 13, 2024

BYD vai produzir picape híbrida no Brasil

Quando a fábrica da Ford, na Bahia, foi vendida aos chineses da BYD, pouco se imaginou que da planta encerrada nasceria, um dia, um modelo para concorrer no segmento dominante da americana, o de picapes. 

Pois é, a BYD anunciou que vai iniciar a produção e a venda da nova picape Shark, a primeira utilitária híbrida plug-in da marca.

Qual o tamanho da nova picape BYD Shark?

Como uma distância entre eixos de 3.260 mm, a utilitária tem 5.457 mm de comprimento e de 1.971 mm de largura. 

Ou seja, para rodar, motor térmico é de 1,5 litro, turbinado, combinado com outro elétrico instalado na parte traseira.

Ou seja, 430 cv combinado e uma aceleração de 0 a 100 km em 5,7 segundos. O torque ultrapassa 300 Nm.

Entre as tecnologias está a tração integrada e a opção de controla a distribuição de torque entre as rodas dianteiras e traseiras. A autonomia é de 840 km pelo ciclo combinado, rodando só no modo elétrico é de 100 km.

Os usuários podem gerenciar remotamente seus veículos por meio do aplicativo BYD onde podem ativar o ar condicionado e ajustar a ventilação e o aquecimento dos assentos.

Veja as picapes híbridas vendidas no Brasil?

Vale lembrar que a Ford tem a única picape híbrida comercializada no Brasil. Trata-se da Maverick Hybrid, que combina um motor a gasolina 2,5 litros com um elétrico. A diferença é que ela é menor e que só usa a tração dianteira. 

Mas a Ford não vai ficar sozinha por muito tempo. Além da chegada da Shark, a Toyota planeja uma RAV4 com motor 2,5 litros a gasolina e outro elétrico, que somados, ambos geram 236 cv.

Outro modelo que está fazendo as malas para entrar no Brasil vem das pranchetas GWM. Também híbrida plug-in, deve estrear em 2025.

Rodrigo Samy, com informações BYD

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados