segunda-feira, julho 22, 2024

Neblina na estrada: Quais cuidados o condutor deve tomar ao dirigir nessas condições?

Estamos no meio do ano, período marcado pelas baixas temperaturas e condições adversas no clima. E com as mudanças no tempo, a atenção nas vias devem ser redobradas por parte dos condutores. Um fenômeno que exige muita atenção dos motoristas é a neblina na estrada, situação bastante comum nesta época principalmente em regiões serranas, que acaba gerando diversas adversidades nas pistas.

Pensando nisso, o Pé Na Estrada explica quais são os riscos de rodar em dias de neblina, dá dicas de segurança e apresenta ações das concessionárias para conscientizar os condutores.

Os riscos em trafegar com neblina na estrada

Os riscos em trafegar com neblina na estrada
Reprodução: CCR AutoBAn

De junho a setembro, a incidência de neblina é maior em virtude dos dias mais frios. Em outras palavras, esse fenômeno climático traz um grande risco para quem trafega nas rodovias, devido à menor visibilidade, especialmente durante as madrugadas e início das manhãs.

A diferença entre neblina e nevoa

O fenômeno se forma pela condensação da umidade presente no ar em forma de vapor. A diferença entre neblina e névoa está nas limitações no campo de visão: enquanto a neblina prejudica a visão horizontal em um espaço menor que 1000 metros, a névoa, por ser mais fraca, atrapalha a visibilidade em uma distância maior. Em outras palavras, a neblina pode ser considerada como a formação de nuvens próximas ao solo.

Ela surge quando o solo está úmido (em razão principalmente das chuvas), a umidade local tende a aumentar por causa da evaporação da água. Durante a madrugada e o período da manhã, quando as temperaturas são as menores do dia, essa água tende a condensar-se, formando aquela fumaça branca que nos atrapalha de enxergar o que está à nossa frente.

De acordo com o gerente de Operações da CCR AutoBAn, Virgílio Leocádio, um dos principais cuidados ao trafegar em situação de neblina é reduzir gradualmente a velocidade e ampliar a distância do veículo que segue à frente. Além disso, ele também orienta manter o farol baixo aceso, mesmo durante o dia, e nunca utilizar o farol alto ou acionar o pisca-alerta com o veículo em movimento.

Veículo rodando em Rodovia com mau tempo
Imagem: PNE

“Também é importante evitar o embaçamento dos vidros, acionando a ventilação, o ar-condicionado ou abrindo levemente as janelas”, explica Leocádio. Outra dica é utilizar o limpador de para-brisa e o desembaçador para manter os vidros limpos.

Por fim, caso a neblina seja muito intensa e o motorista não se sinta seguro em prosseguir viagem, a recomendação é estacionar o veículo em um local seguro, distante da rodovia, e sinalizar com o pisca-alerta. “O ideal é buscar um posto de serviço, bases da concessionária ou da Polícia Militar Rodoviária”, enfatiza o gerente de operações.

Mais dicas para viagens em situações de neblina:

Mais dicas para viagens nos períodos de neblina
Reprodução: PRF

Em situações adversas como a neblina, é importante que o condutor tenha cuidado redobrado nas vias para evitar possíveis problemas. Confira algumas dicas para rodar no trecho em momentos de neblina:

  • Reduza gradualmente a velocidade;
  • Mantenha distância segura do veículo à frente;
  • Nunca utilize o farol alto;
  • Nunca pare na pista e evite parar no acostamento. Se precisar estacionar, pare fora da rodovia, em um posto de serviços;
  • Nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento. Os motoristas que vêm atrás podem pensar que o seu veículo parou na pista;
  • Atenção aos avisos dos painéis de mensagens variáveis (PMVs) espalhados ao longo da rodovia.

Ações de conscientização para motoristas nas estradas paulistas

Para alertar os motoristas sobre os cuidados necessários ao trafegar nesta condição, a CCR AutoBAn irá distribuir folhetos com orientações sobre direção segura com a visibilidade comprometida.

Logo, os folhetos serão distribuídos em todas as praças de pedágio do Sistema Anhanguera-Bandeirantes e no posto de atendimento ao caminhoneiro do Programa Caminhos para a Saúde, localizado no km 56+400 pista sul da Rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí.

Além disso, as equipes de inspeção também terão os materiais educativos em mãos para orientar os motoristas durante os atendimentos. Ainda serão veiculadas mensagens nos painéis eletrônicos das rodovias. A iniciativa conta com o apoio da ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo).

Por fim, se houver necessidade de parada ou apoio em situação de emergência, a CCR AutoBAn possui atendimento gratuito 24 horas por dia. O contato pode ser feito pelo WhatsApp (11) 4589-3999, pelo 0800 055 55 50 ou pelos telefones de emergência instalados a cada quilômetro das rodovias.

Cuidados para rodar na neblina – Trucão & Toco

Nesta época do ano, é muito comum a incidência de neblina na estrada. Com neblina, a visibilidade fica comprometida. Quais os riscos de rodar nessas condições? O que fazer para passar com mais segurança? Veja mais dicas nesse vídeo do nosso canal Trucão & Toco:

Veja Também: Faixa refletiva: A importância do dispositivo na segurança do caminhoneiro

Por Daniel Santana com informações da CCR AutoBAn e do Mundo Educação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados