Petrobras reduz duas vezes o preço da gasolina em menos de um mês

Petrobras reduz o preço da gasolina em menos de um mês
Petrobras reduz o preço da gasolina em menos de um mês

A Petrobras anunciou um novo reajuste no preço da gasolina que sai de suas refinarias. A redução no valor é a segunda do mês de julho, ou seja, em menos de um mês esse combustível sofreu queda tanto na refinaria quanto na bomba, enquanto o diesel… nada. 

Conforme já esclarecemos em outras matérias do Pé Na Estrada, essa discrepância ocorre porque a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias) era maior nos estados para a gasolina do que para o diesel, com a mudança da lei, caiu o ICMS da gasolina, mas não o diesel. 

Quanto vai custar o preço da gasolina para as distribuidoras?

A partir de 29 de julho, o preço da gasolina para as distribuidoras passará de  R$ 3,86 para R$ 3,71 por litro, uma redução de R$ 0,15 por litro. Novamente a justificativa para o reajuste é a estabilização nos preços desse combustível. Em nota para o site, a empresa reforçou o compromisso com a busca por equilíbrio com o mercado global. 

Esta semana, a Petrobras também publicou uma nota informando sobre a aprovação da Diretriz de Formação de Preços no Mercado Interno, que só reitera os métodos já praticados para a composição de preços, tais como:

  • Periodicidade dos ajustes dos preços dos produtos
  • Os percentuais e valores dos reajustes
  • A preservação das decisões sobre os ajustes à Diretoria Executiva

Também afirmou no texto que a empresa prioriza os resultados econômicos da companhia, e busca maximizar sua geração de valor. A Diretriz também formalizou a prática de reportar trimestralmente ao Conselho Administrativo e Fiscal a evolução dos preços dos combustíveis (diesel, gasolina e gás liquefeito de petróleo) praticados no mercado internacional. 

Por Jacqueline Maria da Silva com informações da Petrobras

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui