domingo, julho 3, 2022

Volvo abre primeira fábrica de baterias para caminhões elétricos pesados na Bélgica

Com foco na renovação, a Volvo abre primeira fábrica para montagem de baterias, em Ghent, cidade portuária no noroeste da Bélgica. A planta irá produzir as unidades de energia para os caminhões elétricos pesados da montadora sueca. O objetivo da marca é que toda a sua gama de produtos esteja livre de combustíveis de origem fóssil até 2040.

Os caminhões contemplados

Na nova fábrica da Volvo, as células e módulos da Samsung SDI serão montados em baterias feitas sob medida para a linha elétrica de pesados da Volvo. Os modelos contemplados com a tecnologia são os três da linha F:

  • Volvo FH;
  • Volvo FM;
  • Volvo FMX.

Especificações das baterias

Caminhão Elétrico da Volvo
Divulgação: Volvo

De acordo com informações da Volvo, cada bateria tem capacidade de 90 kWh e o transportador pode ter até seis baterias (540 kWh) em um caminhão. O número de baterias depende da necessidade de autonomia específica de cada operação e das demandas de carga.

Roger Alm, presidente da Volvo Trucks, afirma que essa integração do processo de montagem da bateria no fluxo de produção da marca, pode encurtar o tempo de entrega aos clientes.

Foco nos elétricos

Em 2019, a Volvo iniciou a produção dos modelos Volvo FL Electric e Volvo FE Electric. São caminhões elétricos semipesados, feitos para operações de distribuição urbana e transporte de resíduos sólidos.

Já em 2020, a marca disponibilizou o VNR Electric para comercialização na América do Norte. O modelo foi projetado para aplicações de distribuição regional.

Com a produção de novos modelos 100% elétricos a partir deste ano na Europa, a montadora passa a oferecer seis modelos de caminhões elétricos em todo o mundo, cobrindo desde as operações urbanas, transporte regional e obras de construção civil, entre outras funções. Com o início das operações na nova fábrica, a perspectiva de evolução é ainda maior, segundo Alm:

“Com o rápido desenvolvimento de redes de recarga e melhorias na tecnologia de baterias, estou convencido de que veremos uma rápida transformação de toda a indústria de caminhões em um futuro muito próximo”.

Além disso, vale destacar que a Volvo ainda informou que a produção em série terá início no terceiro trimestre deste ano.

As recentes inovações da Volvo no Brasil

Volvo moderniza seu campo de provas em Curitiba
Divulgação: Volvo

Recentemente, informamos aqui no Pé Na Estrada, que a Volvo havia concluído a expansão do seu campo de provas de caminhões e ônibus na América Latina. Localizada na fábrica de Curitiba (PR), a estrutura é considerada a mais moderna instalação do gênero da Volvo fora da Europa.

De acordo com informações da montadora, a área total do campo de provas tem cerca de 87 mil m². O local conta com sete diferentes pistas para testes de durabilidade, estabilidade, freios, conforto, certificação de ruído, dinâmica veicular e rampas de teste.

As pistas foram preparadas para a capacidade de carga de 21 toneladas por eixo, mais que o dobro dos limites das rodovias do Brasil. Todo o design e a conceituação da estrutura latino-americana de testes são resultado do conhecimento dos especialistas da Volvo, em conjunto com os engenheiros brasileiros.

Há alguns meses, a montadora anunciou que pretende investir cerca de 1,5 bilhões de reais no período de 2022/2025 em solo brasileiro. A princípio, os recursos serão voltados principalmente para pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Veja Também: Volvo tem o melhor ano de sua história no Brasil e anuncia investimentos de 1,5 bi no país até 2025

 

Por Daniel Santana com informações da Assessoria Volvo

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados