segunda-feira, julho 22, 2024

Brasil firma acordo com Paraguai para otimizar transporte de carga

Nas últimas semanas, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) participou da reunião bilateral que ocorreu em Assunção, capital do Paraguai, onde o Brasil firmou contrato com o país para otimizar o transporte de carga e passageiro entre os países. 

O encontro entre Brasil e Paraguai

O encontro foi promovido pelo Organismos Nacionais Competentes de Aplicação do Acordo sobre Transporte Internacional Terrestre. A ASINT (Assessoria de Relações Internacionais) representou a ANTT presencialmente. Já representantes das áreas técnicas da ANTT, da Polícia Rodoviária Federal e Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia participaram de modo virtual.

As pautas da reunião giraram em torno dos aspectos regulatórios e operacionais. Dentre os temas discutidos: procedimentos para concessão de licenças complementares e alteração de frota; transporte e carga fronteiriço em veículos pequenos; e comunicação de viagem multimodal. Entre 12 e 14 de junho ocorrerá a Reunião do Mercosul, em Buenos Aires, Argentina, onde haverá continuidade nesse debate bilateral.

Por que o acordo otimiza do transporte de carga?

Na reunião, a Assessoria encaminhou propostas para intercâmbio de informações e dados com objetivo de melhorar o transporte de cargas e passageiros entre os países. Por hora, Brasil e Paraguai combinaram estabelecer a simplificação nos registros documentais de carga, o que, para a ANTT, otimizará o tempo e custo do transporte internacional, trazendo benefícios à sociedade.

Com relação ao transporte de passageiros, ficou combinado que Brasil e Paraguai trocarão informações sobre multas aplicadas no território do país de destino. E que ainda os países fornecerão roteiro de viagem para autorização, emissão e comunicação das licenças complementares.

Essas permissões são necessárias para adequar o transporte de cargas e passageiros às legislações locais. Com isso, garantir segurança mesmo em percursos que atravessem a fronteira do país. 

Leia também: Construção de Ponte que liga Brasil à Bolívia está em discussão na Câmara dos Deputados. 

Por Jacqueline Maria da Silva com informações da ANTT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados