segunda-feira, julho 15, 2024

Diesel não deve ficar mais caro com a reoneração, segundo Haddad

Na última semana, a Petrobras anunciou a baixa do preço do diesel A para R$3,48 por litro nas distribuidoras, redução de R$0,30 centavos no litro. Também no dia 26, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, se reuniu com o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, para discutir o preço do diesel e as medidas para a Indústria.

A reoneração dos combustíveis, a partir de 1º de janeiro, foi tema dessa reunião. A isenção dos impostos de PIS/Cofins e Cide valeu durante o ano de 2023 para o diesel, e até junho de 2023 para a gasolina e etanol. O governo disse que manteria a isenção da antiga gestão por esse período, conforme a Lei Complementar 192/22.  

 

Como deve ficar o preço do diesel 2024

Segundo o Ministro da Fazenda, a reoneração que está prevista para o começo deste ano não irá impactar no preço do diesel. Pois, com a redução do preço da Petrobras no final de dezembro, o valor será amenizado. 

“A partir do dia 1º de janeiro, se você comparar o preço do diesel com o dia 1º de dezembro de 2023, você tem uma queda do preço, mesmo com a reoneração. Para todo mundo ficar atento, para que alguém desavisado não aumente o preço dizendo que tem razões para aumentar. Não tem razões para aumentar, tem razões para diminuir”, explicou o ministro.

Sobre a queda do diesel, o preço médio do litro encerrou 2023 a R$5,86, valor 6,24% mais barato comparado a 2022, quando o combustível custava R$6,25, conforme dados do Uol Economia. 

Consultando hoje, dia 05, como são formados os preços do diesel no site da Petrobras, os valores de Impostos Federais estão zerados, por enquanto. Destacando que o período de coleta foi de 24/12/2023 a 30/12/2023. Nessa simulação, o preço médio do Brasil estava em torno de R$5,94, atualizando apenas a redução do preço da última semana do ano. 

 

Gasolina e Etanol

Sobre a reoneração do preço da gasolina e etanol, o governo voltou a cobrar os impostos federais no final de junho de 2023. A reoneração estava prevista para acontecer no dia 1º de março, mas foi prorrogada por mais 60 dias.

A gasolina comum teve alta de 12,5%. O preço médio do litro hoje, no país, é de R$5,58, enquanto em 2022 era R$4,96. 

O etanol ficou 11,6% mais barato no período. O combustível encerrou 2023 a R$3,42; em 2022, terminou o ano custando R$3,87.

Para a gasolina, a Petrobras está mantendo o preço estável desde outubro. No ano, os preços de gasolina A da Petrobras para as distribuidoras acumulam uma redução de R$0,27 por litro, equivalente a 8,7%. 

 

Tá Rodando em Brasília

“Tá rodando em Brasília” é um boletim do Pé na Estrada que mostra os assuntos pertinentes ao mundo dos transportes, como projetos de lei que estão sendo discutidos na Câmara dos Deputados, Senado ou Presidência.

Todos os tópicos possuem links para que o leitor possa acessar diretamente a proposta e saber mais detalhes. Por fim, vale lembrar que todo cidadão pode e deve cobrar diretamente seus políticos quanto à aprovação ou não dos projetos.

 

Veja também: Porcentagem de biodiesel no diesel aumentará para 14% em março de 2024

 

Por Thaís Corrêa com informações do G1 e do Uol Economia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados