quarta-feira, julho 6, 2022

Exército atua no auxílio para a desinterdição de vias afetadas pelas chuvas em Angra dos Reis e Paraty

Devido ao grande volume de chuvas que atingiram a região de Angra dos Reis e Paraty no Rio de Janeiro, o Ministério da Defesa autorizou a atuação do Exército Brasileiro para auxiliar nos trabalhos emergenciais de desobstrução de vias e de apoio à população.

Atuação do Exército

Segundo a Secretaria Nacional de Defesa Civil, o Exército iniciou os trabalhos por volta do meio-dia desta terça-feira (5) em Angra dos Reis. O efetivo levará o maquinário que será utilizado no reforço dos serviços que já vêm sendo executados desde a madrugada da última sexta (1), sob a coordenação do Ministério da Infraestrutura para liberar trechos da rodovia que estão parciais ou totalmente interditados após deslizamentos de terra.

As áreas mais atingidas são o km 578 da BR-101, em Paraty, e km 460, em Angra dos Reis, devido às quedas de barreiras e árvores.

Trechos que seguem interditados parcialmente:

Segundo informações do G1, os trechos da Rio-Santos que seguem interditados, devido as fortes chuvas em Angra dos Reis e Paraty, são os seguintes:

Trechos que seguem interditados parcialmente:
Divulgação: Instagram/Prefeitura de Paraty

Angra dos Reis

  • Km 460, com deslizamento de terra e queda de árvore;
  • Km 461, com deslizamento de terra e queda de árvore;
  • Km 478, na altura do bairro Camorim Grande, com deslizamento do asfalto;
  • Km 480, na altura do bairro Mombaça, com queda de um poste de energia.

Paraty

  • Km 541, na altura de Tarituba, com deslizamento de terra (passagem precária pelo acostamento);
  • Km 554, com deslizamento de terra (passagem precária pelo acostamento);
  • Km 562, com deslizamento de terra (passagem precária pelo acostamento);
  • Km 588, asfalto cedendo.

O que diz o Minfra?

Nessa segunda-feira (4), o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, foi a região para vistoriar as condições da BR-101 (Rio-Santos), ligação entre o litoral norte de São Paulo e a costa do Rio de Janeiro, e definiu algumas prioridades nos serviços de desinterdição de pontos críticos.

“Estamos acompanhando a questão dos deslizamentos das barreiras na BR-101, na Rio-Santos. Nossa expectativa é que, de quarta-feira para quinta-feira, a gente deixe a rodovia totalmente operacional novamente”.

Vale destacar que o Ministério da Infraestrutura, a ANTT, a PRF e a concessionária CCR RioSP, além das prefeituras locais, continuam trabalhando em conjunto para minimizar os impactos das chuvas, assim, possibilitando a liberação dos trechos.

Veja Também: CCR pretende investir cerca de 26 bilhões em novas concessões da Dutra e da Rio-Santos

 

Por Daniel Santana com informações do Ministério da Infraestrutura e do G1

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados