quinta-feira, julho 18, 2024

Ford apresenta novos modelos da Transit para o mercado brasileiro

A Ford revelou seus novos modelos da Transit para o mercado brasileiro, que já estarão expostas durante a FENATRAN 2022, que ocorrerá de 7 a 11 de novembro. São elas: a versão elétrica do furgão da montadora, a E-Transit, novos modelos com câmbio automático e a Transit Chassi, que chegará ao país em 2023.

E-Transit

E-Transit
Imagem: PNE

Para atender a demanda de veículos eletrificados, a Ford começa introduzir no Brasil e na América do Sul a E-Transit, versão elétrica do furgão. O veículo já estará disponível no mercado neste mês de novembro. Ela será oferecida inicialmente em um programa para grandes frotistas para entender o tipo de uso, rotas, necessidades e padrões de recarga desses clientes. Esse mesmo tipo de programa foi desenvolvido na Europa e nos Estados Unidos, onde segundo a montadora, a E-Transit domina 90% do mercado de vans elétricas.

Por ter a mesma carroceria da versão a diesel, bateria instalada no assoalho e um desenho exclusivo da suspensão e da tração traseira, a E-Transit preserva o espaço para carga e a versatilidade de adaptação a diferentes aplicações. Além disso, como possui 86% menos peças de desgaste e utiliza energia elétrica, o custo total de operação da van é 40% menor, de acordo com a Ford.

e-transit parte externa
Imagem: PNE

A bateria de íons de lítio de 68 quilowatts permite uma autonomia máxima ideal de 317 km dependendo da versão, ambiente e modo de uso. O sistema de regeneração inteligente do veículo aproveita a energia das desacelerações e frenagens para maximizar o rendimento, principalmente em uso urbano. O carregamento é flexível, em corrente alternada ou corrente contínua. Normalmente em 11 kWCA ele leva cerca de 8 horas e, em 115 kWCC, em 35 minutos se obtém 15% a 80% da carga.

Por fim, vale destacar que a E-Transit será oferecida inicialmente no modelo furgão, com um conjunto de novas tecnologias de assistência ao motorista desenhadas focando em maior produtividade e menor risco de paradas, incluindo câmera de 360 graus, assistente de frenagem de ré, assistente de cruzamento e central multimídia com tela de 12”. O veículo faz parte do investimento global de US$ 50 bilhões da Ford em eletrificação até 2026.

O presidente da Ford na América do Sul, Daniel Justo, destaca a importância da eletrificação dos veículos, aliada a necessidade dos frotistas: “A eletrificação é uma tendência global que começa a crescer no Brasil, alavancada pela necessidade de redução de custo operacional e da emissão de carbono. Além disso, é uma exigência que os frotistas encontram cada vez mais na contratação de investimentos”.

Transit com câmbio automático

Transit com câmbio automático
Divulgação: Ford

Com transmissão de 10 velocidades, conversor de torque e programação adaptativa de mudança em tempo real, a Transit Automática pretende proporcionar uma aceleração suave e progressiva que ajuda a nivelar o padrão de condução dos motoristas, reduzindo o consumo total da frota, junto com a tração traseira e o sistema auto start-stop.

De acordo com a montadora estadunidense, a versão automática do furgão chega ao mercado brasileiro já no primeiro semestre de 2023, nas versões minibus, com 15 (14+1) e 18 (17+1) passageiros e vidrada, e na versão furgão longa (L3H3) com capacidade de 12,4 m³ (1.151 kg).

Nova Transit Chassi

Nova Transit Chassi
Imagem: PNE

Já a Nova Transit Chassi chega no segundo semestre de 2023 sendo oferecida em duas versões: 

  • de 3.500 kg (que pode ser dirigida com habilitação tipo B); 
  • 4.700 kg de PBT (Peso Bruto Total). 

Entre outras aplicações, ela pode ser implementada como guincho-plataforma, ambulância, carga seca, baú refrigerado, baú carga seca e transporte volumétrico e de animais, com capacidade de carga de 1.400 kg até 2.600 kg. Em relação ao preço do veículo, a montadora não entrou em maiores detalhes.

Assinatura de veículos e novos planos de manutenção

A Ford também apresentou outras novidades na Fenatran. Uma delas, é a disponibilidade do seu serviço de carros por assinatura, o Ford Go, para clientes comerciais, com modelos da Ranger (XL, XLS e XLT) e da Transit (Minibus: 14+1, 17+1 e Furgão: 10,7m³ e 12,4m³. Ele está disponível para clientes individuais até grandes frotistas, com contratos de 12, 24 ou 36 meses de duração e rodagem de 2.000, 3.000 ou 4.000 km por mês.

O Ford Go ainda oferece simplificação de registro,  documentação e seguro, com uma jornada digital, podendo proporcionar maior ganho de tempo na manutenção, que é feita diretamente pela Rede Ford.

Outra novidade mostrada na feira são os planos de manutenção e extensão de garantia projetados para manter o veículo 100% original, assim podendo garantir maior produtividade, reduzindo o risco de paradas imprevistas. Dependendo do plano, o Ford Protect de manutenção pode incluir as primeiras três ou quatro revisões e a troca de peças de desgaste do veículo pelo período de até 24 meses ou 80.000 km, o que ocorrer primeiro. Já o Ford Protect de extensão de garantia amplia o prazo e a quilometragem da cobertura de fábrica.

De acordo com a montadora, as revisões da Transit devem ser feitas a cada 12 meses ou 20.000 km pelo programa Preço Fixo da Ford, que garante transparência e previsibilidade. Para utilizar o serviço, o cliente precisa apenas informar o número do chassi no momento de agendar a revisão ou reparo. 

Fenatran 2022 é no Pé Na Estrada

Como você sabe, a Fenatran 2022 está chegando e terá cobertura total do evento é aqui no Pé Na Estrada. No programa do último domingo, apresentamos algumas novidades já reveladas para a Fenatran deste ano. Clique no vídeo abaixo e confira:

Veja Também: Ford apresenta a E-Transit Custom em Hannover

Por Daniel Santana com informações da Assessoria Ford

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados